Comenta Aê e Fale Comigo

Data: 22/05/2015

De: Michelly

Assunto: Re:casamento

Bom dia Flor, vamos falar um pouco sobre isso então...
Mateus 5:32: 19:6.9 trata dessa questão do Divórcio e Novo Casamento.
1. Há somente uma razão bíblica para o divórcio, que é o adultério.

2. O casamento é para toda a vida. É o plano original de Deus. E uma união completa (Gên. 2:24). Foi confirmado por Jesus e é indissolúvel (Mat. 19:6).

3. O divórcio foi instituído para proteger a mulher (Deut. 24:1-4; Mal 19:3-9).

4. Em tempos antigos o adultério era punido com a morte (Lev.20:10).

5. A quebra de votos matrimoniais pode ser por outras causas, além de adultério, como por exemplo: uso de violência, bebidas alcoólicas, etc. Sendo impossível conviver com o cônjuge, e quando a parte chamada “inocente” realmente assim o for, não há nenhuma orientação bíblica que proíba a separação. Falta de amor no lar quebra o princípio da unidade que deve existir entre o casal (Ef. 5:22-31). Nestes casos, se houver a separação, não existe autorização bíblica para a parte “inocente” contrair novas núpcias. Jesus foi bem claro: novo casamento, somente em caso de adultério, e a palavra grega “PORNEIA” aqui e em qualquer parte do N.T. se refere direta e exclusivamente a relações sexuais ilícitas. Em situações onde outras possíveis causas provoquem a separação (incompatibilidade de gênio, por exemplo), não existe autorização bíblica para novo casamento; reconciliação é o caminho a seguir, pois o amor jamais acaba (1 Cor. 13).

Conseguiu entender?


Voltar